Você está no portal ABIMAQ
Quero me associar

Blog

Voltar
Técnicas eficazes de manutenção de máquinas industriais evitam ocorrência de falhas e interrupções nas fábricas


30/07/2021 Técnicas eficazes de manutenção de máquinas industriais evitam ocorrência de falhas e interrupções nas fábricas

Manutenções de máquinas são ações necessárias para a vida útil dos produtos, diminuindo a necessidade de realizar correções e possíveis paradas nas linhas de produção de fábricas e indústrias.

 

Um dos principais aspectos que mais tem influência no crescimento de uma indústria é o uso de estratégia de manutenção, já que pode afetar diretamente a produção e o lucro da empresa, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ). De acordo com a MANUSIS, empresa de gestão de ativos no mercado mundial, estima-se que as empresas que investem em soluções industriais, como de manutenção de máquinas, apresentam uma produtividade 18% maior no período de 5 anos. Além disso, a previsão é de que, até 2022, 85% das empresas terão implementado soluções em todas as divisões importantes.

A manutenção industrial é uma atividade que visa manter os equipamentos funcionando de forma adequada, entregando o máximo de desempenho para o qual foram projetados e, assim, não interromper o processo de produção por uma falha funcional ou total do equipamento, ou de algum componente que o compõe, afirma Denílson Holanda Siqueira, graduado em Engenharia Mecânica. “Hoje na indústria, o método mais utilizado continua sendo a Manutenção produtiva Total (TPM), pois, atua em três pilares fundamentais que são: melhoria de processos, equipamentos e qualidade”, relata Denílson.

A depreciação de bens, até mesmo para o setor industrial, é baseada na tabela da Receita Federal. Conforme o órgão, as máquinas e equipamentos começam a se depreciar após dez anos de uso. De acordo com a Confederação Nacional da Indústria – CNI, 15% das empresas têm o objetivo de manter a capacidade produtiva com manutenção das máquinas e, 11% pretendem introduzir novos produtos.

O processo de manutenção deve estar de acordo a Norma da ABNT NBR 5462/1994, que trata exclusivamente dos critérios de confiabilidade e mantenabilidade de uma indústria e dos processos que são importantes para manter os padrões de qualidade.

Mas além da Manutenção produtiva Total, o engenheiro mecânico explica que também existem outros três tipos de manutenção que são a manutenção corretiva, preventiva e preditiva. A manutenção corretiva ocorre logo após a falha do ativo ou componente que interfere diretamente na produção.

“A corretiva é a manutenção mais cara para a indústria, e isso faz com que algumas empresas tenham uma equipe específica para o atendimento destas demandas emergenciais”, declara Siqueira, com cursos de Análise de Falhas e Planos de Manutenção, Engenharia de confiabilidade, Gestão e Engenharia de Manutenção, Planejamento de Manutenção, Gestão de Dados Mestres de Manutenção, entre outros.

Já a manutenção preventiva ocorre de forma periódica e visa dirimir ou eliminar a possibilidade de ocorrência de falhas nos equipamentos, diz Denílson, além de ter a vantagem de ser uma manutenção com um custo melhor e possibilitar aumento da vida útil do equipamento.

Conforme o especialista, a terceira manutenção, que é a preditiva, se assemelha com a preventiva, acontecendo de forma sistemática e antes mesmo das falhas. Porém, essa técnica de manutenção utiliza-se de equipamentos e softwares que detectam a mudança de desempenho do equipamento, e com base nos dados coletados são elaborados laudos para as equipes de manutenção atuar no ativo de maneira pontual e assertiva.

A pesquisa da CNI mostra que 82% das grandes empresas pretendem fazer investimentos na manutenção do maquinário, aquisição de novas máquinas e tecnologias. A expectativa é que 35% desses investimentos sejam para melhorias do processo produtivo e 33% para o aumento da capacidade de produção. Mais de três quartos (76%) das grandes empresas que investiram em 2020 adquiriram máquinas ou equipamentos. Desses, 23% compraram máquinas usadas e pouco mais de dois terços, 68%, realizaram manutenção ou atualização de máquinas em 2020.

“É muito importante que os engenheiros, gestores e os profissionais da manutenção garantam o bom desempenho das máquinas industriais, é primordial para o desempenho da indústria! A correta manutenção previne interrupções, conserva o equipamento e diminui custos”, conclui Denílson Siqueira, com experiência em perícia técnica em equipamentos e componentes mecânicos, gerenciamento e implantação de projetos industriais, gestão e planejamento estratégico de manutenção e redução do custo com manutenção impactando positivamente em todos os indicadores de manutenção.

Fonte: Falando de Gestão

Compartilhe:



Avenida Jabaquara, 2925
Entrada Social: Rua Bento de Lemos, s/n
CEP: 04045-902 - São Paulo/SP
Tel: (11) 5582-6311
Novidades
Receba novidades sobre a ABIMAQ em seu e-mail

Belo Horizonte - Minas Gerais

Endereço: Av. Getúlio Vargas, 446
Telefone: (31) 3281-9518

Curitiba - Paraná

Endereço: Av. Com. Franco, 1341
Telefone: (41) 3223-4826
Celular: (41) 99133-6247

Recife - Pernambuco

Endereço: R. Gen. Joaquim Inácio, 830
Telefone: (81) 3221-4921

Rio de Janeiro - Rio de Janeiro

Endereço: R. Santa Luzia, 735
Telefone: (21) 2262-5566

Porto Alegre - Rio Grande do Sul

Endereço: Av. Assis Brasil, 8787
Telefone: (51) 3364-5643

Joinville - Santa Catarina

Endereço: R. Dona Francisca, 8300
Telefone: (47) 3427-5930

Piracicaba - São Paulo

Endereço: Av. Independência, 350
Telefone: (19) 3432-2517

Ribeirão Preto - São Paulo

Endereço: Av. Pres. Vargas, 2001
Telefone: (16) 3941-4113

São José dos Campos - São Paulo

Endereço: Rod. Pres. Dutra, S/N - Km 138
Telefone: (12) 3939-5733

São Paulo - São Paulo

Endereço: Avenida Jabaquara, 2925
Telefone: (11) 5582-6311
ABIMAQ - Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos.
©2021 - Todos os direitos reservados.