Buscar por:  


30/08/2013 Presidente da Abimaq cobra ampla reforma política

São Paulo - O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Luiz Aubert Neto, cobrou nesta quarta-feira, 28, uma ampla reforma política no Brasil, com a redução no número de partidos e ministérios, para tornar possíveis outras reformas para o setor produtivo, como a tributária.

"Congresso é uma Torre de Babel; aquilo virou um mercado e a reforma fiscal que entrou estava tão ruim que teve de ser abortada de tão ruim que estava", disse.

Aubert ironizou o fato de o governo ter 39 ministérios e o país 34 legendas. "Jesus Cristo tinha 12 apóstolos. Para que tantos ministérios?", indagou.

"Além dos 34 partidos políticos, tem mais quatro ou cinco para serem lançados. Partido político virou negócio e hoje muitos têm donos e não dirigente", concluiu.


Fontes: Veículo: EXAME.COM / Conteúdo: Gustavo Porto, do Estadão / Imagem: GettyImages