Buscar por:  


Receita líquida de máquinas e equipamentos cresce após 5 anos de quedas consecutivas



Após 5 anos consecutivos de queda na receita do setor fabricante de máquinas e equipamentos, que levou o setor a encolher 47% no período, 2018 encerrou com crescimento de 7% em relação a 2017. Apesar do resultado positivo, o ano terminou com as atividades produtivas em desaceleração, dezembro em relação ao mesmo mês de 2017 encolheu 0,8%.

De forma geral, o crescimento observado nas vendas se deu predominantemente no mercado externo, no mercado doméstico houve relativa estabilidade (+0,3%).

Para o ano de 2019, a expectativa é de manutenção do crescimento na receita total do setor, mas em taxas pouco abaixo das observadas em 2018, e, puxadas, predominantemente, pelo mercado doméstico.

Consumo Aparente

Os investimentos produtivos, medidos pelo consumo aparente de máquinas e equipamentos (produção – exportação + importação) após quedas consecutivas nos últimos quatro anos, registrou, em 2018 crescimento de 13,4%.

Num cenário de fraca recuperação da atividade econômica, este resultado é um bom indicativo de que as expectativas são de aumento mais intenso do consumo.

Realmente, a elevada ociosidade (25%) e o ritmo mais fraco da economia tendem a favorecer a continuidade da política monetária expansionista, além disso outros fatores de otimismo são: sinalizações do governo em seguir uma agenda reformista, nova rodada de concessões de infraestrutura e privatizações.

Exportações

O setor fabricante de máquinas e equipamentos registrou em 2018 fortes oscilações nas suas exportações, mas manteve o volume de venda bem acima dos níveis observados em 2017, assim, encerrou o ano com crescimento de 7,1% em relação à 2017. 

A indústria de máquinas e equipamentos, já em 2017, visando fazer frente ao encolhimento do mercado doméstico, ampliou suas exportações em quase 17%. Que passaram a representar 44% do total das receitas.

Em 2018 a participação das exportações ganhou ainda mais importância e chegou a 47% das vendas, mesmo com a crise econômica pressionando o desempenho de um dos nossos principais parceiros comerciais, a Argentina.

O bom desempenho das vendas externas foi observado em quase todos os setores fabricantes de máquinas e equipamentos.

Com destaque para o forte aumento das vendas realizas no setor de óleo e gás (+43%), nos setores fabricantes de bens de capital (+12%) e na construção civil (+7,8%).

O setor fabricante de máquinas e equipamentos está sempre entre os maiores exportadores da indústria de transformação, o que evidencia seu esforço em manter seus produtos adequados às necessidades internacionais

Importações

O recuo dos investimentos observado nos últimos anos não se deu apenas pela redução nas aquisições de bens nacionais, as importações também encolheram fortemente desde 2014 e, mesmo tendo crescido 14,6% em 2018, representam hoje quase metade do resultado observado em 2013 (US$ 28,8 bi).

O bom desempenho nas importações de 2018 refletem a recuperação mais intensa no setor fabricante de bens de consumo e também à mudança nas regras do REPETRO.

Em todas as atividades houve incremento, mas o destaque é o aumento das importações de componentes, parte para reposição, parte para o próprio setor que teve a sua produção melhorada, mas outra parte importante com itens que já estavam em operação no setor de óleo e gás, mas que entraram oficialmente nas estatísticas, uma das mudanças ocorridas no REPETRO.

Capacidade Instalada e Carteira de Pedidos

O NUCI – Nível de Utilização da Capacidade Instalada do setor fabricante de máquinas se equipamentos manteve, durante o ano de 2018, a tendência de recuperação, mas, ainda assim, encontra-se em patamar bastante baixo (75%), o que significa que ainda há espaço para expansão das atividades com a atual estrutura produtiva, a exemplo do que ocorre nos demais setores da indústria de transformação.

A carteira de pedidos estabilizou em 2 meses. A expectativa é de que esse número retorne ao seu patamar histórico, acima de 4 meses, quando o setor de infraestrutura voltar a investir.

Quadro de Pessoal

Em meados de 2013, quando teve início o encolhimento de postos de trabalho na indústria de máquinas e equipamentos, o setor empregava quase 380 mil pessoas, ao final da crise, em 2017, o número tinha encolhido para 291 mil pessoas.

Em 2018, o setor retomou então o processo de contratações, após 4 anos consecutivos de redução da mão de obra, e reempregou quase 10 mil pessoas.

A expectativa é que está firme recuperação não seja interrompida ao longo de 2019.



Índice


Envie para um amigo.
Número: 229
Fevereiro/2019

Outras edições
select



Buscar matérias

Informaq

Com o tema ‘Movemos o Presente para Definir o Futuro’, a ABIMAQ promoveu encontro anual com associadas. Leia mais...

O relator do texto, unificou nove tributos federais, o ICMS estadual e o ISS municipal. O deputado agradeceu o apoio da ABIMAQ. Leia mais...

Na audiência, a entidade destacou agenda para melhorar a competitividade da indústria brasileira. Leia mais...

No mês de janeiro, a presidência e a diretoria da entidade participaram das transmissões de cargos dos novos ministros da gestão do presidente Jair Messias Bolsonaro . Leia mais...

Participaram da cerimônia, além de Diogo Oliveira e Joaquim Levy, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, o secretário de Fazenda do Rio, Cesar Augusto Barbiero e o chefe do Ministério Público do estado, Eduardo Lima Neto. Leia mais...

s da falta de saneamento na saúde da população são severas, mas o avanço da distribuição de água tratada e a coleta e tratamento de esgoto. Leia mais...

Resultado de uma parceria entre Brasil e Suécia, o Workshop on Innovative Engineering for Fluid Power (WIEFP) teve sua quarta edição. Leia mais...

Por meio da Resolução nº 001/2019, a ABIMAQ comunicou que a diretoria do Grupo de Trabalho de Guindastes (GT-GUINDASTES) teve a prorrogação do seu mandato. Leia mais...

Retomada do crescimento foi um dos pontos destacados nas reuniões. Leia mais...

Representantes da câmara atuarão durante o biênio 2018-2020. Leia mais...

Pelo segundo ano consecutivo, Alberto Machado, diretor de Petróleo, Gás, Bionergia e Petroquímica da ABIMAQ, foi reverenciado no prêmio 100 Mais Influentes da Energia. Leia mais...

Evento debateu oportunidades de atuação no atendimento ao Exército Brasileiro e apresentação do Conselho da Indústria de Defesa. Leia mais...

Associados da ABIMAQ estão otimistas com os novos rumos do mercado. Leia mais...

Com o objetivo de apresentar as oportunidades de negócios para suas associadas com os consórcios que disputam a construção de quatro corvetas classe Tamandaré. Leia mais...

A atuação da Associação Brasileira de Biogás e de Biometano e contribuição dos biocombustíveis para o Brasil também foram mencionados no encontro. Leia mais...

Feira oferece mais de 80 horas de seminários, palestras e workshops, a maioria deles gratuita, ministrados por especialistas brasileiros e estrangeiros, autoridades, empresários e instituições de ensino. Leia mais...

Evento acontece de 13 a 15 de agosto no São Paulo Expo e conta com a participação das associadas da CSMEPS. Leia mais...

Encontro também contou com presença de fintechs e apresentação de estudo sobre mapeamento de tecnologias. Leia mais...

A mudança visa agilizar o processo de análise e aprovação de crédito. Leia mais...

Com o objetivo de discutir propostas de melhorias na oferta e nas condições de crédito para o setor, bem como apresentações de pleitos junto ao governo. Leia mais...

Em dezembro, o BNDES reabriu o protocolo de pedidos de financiamento no Programa MPME Inovadora, cujo objetivo é financiar os investimentos necessários para a introdução de inovações no mercado por MPMEs. Leia mais...

O BNDES reduziu o spread de financiamento para projetos de investimentos de implantação, ampliação e modernização de instalações, na linha do BNDES Automático. Leia mais...

A garantia de que a diminuição de 14% para 4% nas alíquotas de importação de bens de capital, especialmente máquinas e equipamentos. Leia mais...

Reunião aconteceu em 23 de janeiro em Buenos Aires, na Argentina. Leia mais...

No dia 17 de janeiro, ocorreu a cerimônia de lançamento do Projeto ‘Green Imperative’ na cidade de Abuja, capital da Nigéria. Leia mais...

Após 5 anos consecutivos de queda na receita do setor fabricante de máquinas e equipamentos, que levou o setor a encolher 47% no período, 2018 encerrou com crescimento de 7% em relação a 2017. Leia mais...

Abaixo reproduzimos o discurso de Carlos Alexandre da Costa, secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, realizado durante jantar de final de ano da ABIMAQ. Leia mais...

Apoio institucional