Buscar por:  


ABIMAQ participa de reunião com futuro Secretário de Comércio Exterior, Marcos Troyjo



Na ocasião, José Velloso, presidente executivo da entidade, questionou o que o Brasil precisa para buscar uma maior inserção comercial internacional

No último dia 23 de novembro, o presidente executivo da ABIMAQ, José Velloso e Patricia Gomes, Diretora de Comércio Exterior da ABIMAQ, participaram da Reunião do Conselho Superior de Comércio Exterior (Coscex) da FIESP, na sede da Federação. O economista, diplomata e cientista político, Marcos Troyjo - futuro Secretário Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do governo do Presidente Bolsonaro – era convidado especial do Coscex e debateu com os demais presentes os rumos da política comercial brasileira para os próximos anos. Após a reunião, José Velloso almoçou com o futuro secretário. 

Após a exposição inicial dos temas em pauta, no período de perguntas para os conselheiros, mediada pelo embaixador Rubens Barbosa, o presidente executivo Velloso perguntou ao futuro secretário. O questionamento abordou a maneira pela qual o Brasil poderia buscar uma maior inserção comercial internacional e quais seriam os deveres do País - tanto interna, quanto externamente, em termos de reformas estruturais - para garantir uma posição que favoreça as exportações, ao mesmo tempo que mantenha o setor produtivo nacional forte e competitivo. O futuro secretário defendeu a ideia de que é necessária a adoção de uma política comercial pensada a partir de quatro dimensões: conjuntura, estrutura, abertura e visão.

Sobre a primeira, Troyjo afirmou que é necessário haver atenção ao cenário internacional a fim de detectar as possibilidades de atingir os objetivos da política comercial do País, assim como a definição da estratégia mais adequada. Nesse ponto, foi mencionada uma maior atenção à área de inteligência comercial, hoje entendida como deficiente, no governo brasileiro. Ele ainda comentou sobre a aparente proximidade entres os presidentes Bolsonaro e Donald Trump, apontando para uma tendência de maior aproximação entre os dois países nos próximos anos.

No que se refere à segunda dimensão - de estrutura – foi ressaltada a necessidade do estabelecimento de uma estrutura especializada em comércio exterior, com conhecimento em formulação de políticas, inteligência, negociação, promoção e defesa comercial. 

Da perspectiva de abertura comercial, Troyjo argumentou que a discussão do tema não deveria se restringir tão somente a tarifas e cotas de importação. Ele defendeu uma abordagem mais ampla ao tema, calcada em aprimoramentos em inteligência e qualidade de informação para traçar as melhores medidas para que o processo de abertura se dê de maneira positiva para todas as partes envolvidas. Destacou também que a negociação deveria ser mais entre nós mesmos do que com outros países em relação ao tema da abertura comercial do Brasil, buscando resolver as deficiências que dificultam a nossa competitividade nesse sentido. 

Por fim, sobre a dimensão da visão, o economista reforçou aspectos bastante tratados durante sua fala, que são a inteligência e a eficiência dos órgãos que formulam as políticas comerciais do país. Sobre a questão da eficiência, Marcos Troyjo afirmou que é necessária uma visão mais altiva do País com relação a sua política comercial, mencionando a necessidade de aumentar representações físicas do Brasil em países que possam vir a ser parceiros mais importantes e que tragam melhores resultados para os exportadores e importadores nacionais.



Índice


Envie para um amigo.
Número: 228
Dezembro/2018

Outras edições
select



Buscar matérias

Informaq

Diante de um mundo em ritmo acelerado de mudanças e de transformações digitais, os painéis do evento, apresentados por mulheres, proporcionaram oportunidades de conhecer novos modelos de negócios. Leia mais...

No mês de novembro, a entidade se reuniu com representantes da Casa Civil e dos ministérios de Minas e Energia e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Leia mais...

O presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ, João Carlos Marchesan, participou, no dia 28 de novembro, em Brasília, do último encontro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social. Leia mais...

Foi o principal resultado obtido pela coalizão, que a ABIMAQ faz parte, em conversa realizada com futuro ministro de economia Paulo Guedes, no final de novembro, no Rio de Janeiro. Leia mais...

Na ocasião, José Velloso, presidente executivo da entidade, questionou o que o Brasil precisa para buscar uma maior inserção comercial internacional. Leia mais...

Para destacar a importância da indústria no processo de reconstrução do desenvolvimento, o presidente executivo da ABIMAQ, José Velloso. Leia mais...

Francisco Novaes, representante da empresa Friatec do Brasil, é o novo presidente da Câmara Setorial de Bombas e Motobombas. Leia mais...

Empresário da empresa Bosh foi eleito para o biênio 2018-2020. Leia mais...

Por meio da Resolução nº 017/2018, a ABIMAQ registrou que a diretoria da Câmara Setorial de Ferramentarias e Modelações (CSFM) teve a prorrogação do seu mandato. Leia mais...

Com propósito de desenvolver ações de cunho institucional e mercadológico com vistas à maior integração das associadas. Leia mais...

Oportunidades de fornecimento ao Ministério da Defesa foi um dos temas debatidos. Leia mais...

Aplicações e benefícios do regime foram apresentados em São José dos Campos. Leia mais...

Para entidade, a indústria de bens de capital é responsável pela geração e difusão de tecnologias imprescindíveis na melhoria da produtividade da economia. Leia mais...

Evento aconteceu na sede da ABIMAQ e contou com duas empresas âncoras do segmento de alimentação e da cadeia de foodservice. Leia mais...

Estela Testa participou de mesa que tratou do tema ‘Oportunidades de um legado ao Brasil e a MP 844/18’. Leia mais...

Estela Testa participará das atividades do CONESAN no período de 2019/2020. Leia mais...

Por sugestão da diretora conselheira do CONIMAQ, Alida Bellandi, a Prefeitura de Itu, representado pelo Prefeito Guilherme Gazzola. Leia mais...

Ação foi realizada pelas empresas associadas Metal Work, Siemens e Beckhoff. Leia mais...

Encontro foi uma oportunidade de as empresas conhecerem a importância das startups para o fortalecimento de seus negócios. Leia mais...

Evento, promovido pelo Comitê de Tratores, Máquinas Agrícolas e Florestais (ABNT/ CB-203) e ABIMAQ em conjunto com diretoria de Tecnologia da entidade. Leia mais...

João Carlos Marchesan, presidente da ABIMAQ, participou de diversas reuniões no evento. Leia mais...

País é o segundo principal parceiro comercial do Brasil na América do Sul, com um intercâmbio de US$ 8,5 bilhões em 2017. Leia mais...

A diretoria da ABIMAQ mantém uma agenda de reuniões mensais com o BNDES com o objetivo principal de sugerir melhorias nas linhas de financiamento voltadas para os mercados interno e externo. Leia mais...

Otimistas com a visitação qualificada e interessada em inovações, expositores registram vendas. Leia mais...

342 empresas responderam à pesquisa no período de 04 e 29 de setembro. Leia mais...

Evento foi realizado em conjunto com o Grupo de Trabalho de Manufatura Avançada (GT-MAV) na sede da associação, em São Paulo. Leia mais...

O investimento produtivo brasileiro medido pelo consumo aparente de máquinas e equipamentos (produção – exportação + importação) manteve sua tendência de crescimento. Leia mais...

Dentro da teoria microeconômica, um dos conceitos mais importantes é, sem dúvida, o conceito de elasticidade-preço da procura, criado por Alfred Marshall (1842 – 1924). Leia mais...

Apoio institucional