Buscar por:  


Indicadores Conjunturais do setor de máquinas e equipamentos de maio de 2020 têm recuo menos agressivo



O recuo menos agressivo das receitas domésticas e externas, permitiram uma queda mais amena da receita do mês de maio

Receita Líquida de Vendas

Em maio, a indústria de máquinas e equipamentos confirmou as expectativas da ABIMAQ. A queda no faturamento pelo segundo mês consecutivo refletiu os desdobramentos da crise pandêmica numa economia já enfraquecida.  

A recuperação das receitas do setor observada no primeiro trimestre foi revertida em abril com a queda de 25,5%, que rebaixou o faturamento para R$ 7,9 bilhões. Já em maio, houve aumento do faturamento em termos absolutos (R$ 9,5 bilhões), mas queda de 13,7% comparado ao mesmo mês do ano anterior. Esse foi o pior resultado para o mês de maio dos últimos cinco anos. 

Com isso, a receita total do setor registrou R$ 46,3 bilhões no acumulado janeiro-maio, uma retração de 7,7% no ano. 

No mercado doméstico, as receitas retraíram 14,3% em maio, queda menos brusca do que a observada em abril (-26,2%). Todavia, no somatório do ano, as receitas internas encolheram 7,4% frente a 2019.

Exportações 

O arrefecimento de importantes mercados clientes e a dificuldade no emprego dos fatores de produção têm colaborado para o cenário nebuloso dos fabricantes de máquinas na pandemia. 

As receitas de exportação do setor de máquinas e equipamentos não responderam à altura do câmbio desvalorizado. Mesmo antes da pandemia, as exportações do setor já apresentavam sucessivas retrações desde novembro de 2019 em razão da desaceleração do mercado internacional.

Com a pandemia, a situação das exportações de máquinas piorou consideravelmente. Com mercados fechados e restrições à entrada de produtos estrangeiros, a decisão de investimento dos clientes externos também foi adiada.   

Em maio, as exportações do setor atingiram US$ 516 milhões, recuo de 34,7% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. No acumulado do ano, as receitas de exportação já contabilizam queda de 23,6%.

No acumulado do ano, a queda das exportações foi observada de forma intensa e generalizada nos segmentos fabricantes de máquinas e equipamentos.

O quadro de encolhimento do PIB mundial, sinaliza uma possível lentidão no fluxo de comércio entre países pós-pandemia. Somado ao sentimento de protecionismo e reconstrução das industriais locais, a perspectiva é de esmorecimento da compra de bens de alto valor agregado por países desenvolvidos.   

Consumo aparente    

Ainda que o faturamento do mercado interno tenha caído 7,4% no acumulado do ano, o consumo aparente (total de máquinas e equipamentos absorvidos) cresceu 12,2% em 2020.

No desmembramento do consumo aparente mostra o aumento da participação das máquinas importadas a partir de 2018. Em contrapartida, as vendas internas permanecem constantes. 

No mês de maio, a queda de 10,7% do consumo aparente refletiu a forte queda das importações devido à recessão da atividade econômica brasileira e a cautela dos setores produtivos quanto a novos investimentos no curto prazo.

Capacidade instalada e Carteira de Pedidos

A desaceleração da atividade produtiva em razão da pandemia é percebida pelo nível de utilização da capacidade instalada do setor que permanece na casa dos 70%. Com leve melhora na ponta.  

A carteira de pedidos da indústria de máquinas permaneceu no  patamar observado nos últimos três meses, de 9 semanas em média para atendimento dos pedidos. 

Desta forma, a manutenção da capacidade instalada e da carteira de pedidos, juntamente à menor queda das vendas internas e externas, podem sugerir que o setor já tenha chegado ao fundo do poço em termos de impactos da pandemia. Todavia, a reversão desse cenário e a apresentação de trajetória crescente, dependerá ainda das medidas de estímulo à economia no plano de recuperação. 

Emprego 

A interrupção das atividades produtivas nos principais países industriais como medida de precaução ao contágio do novo coronavírus, gerou inúmeras dificuldades às economias.  Levando as empresas dos diversos setores a modificações nos seus contratos  de trabalho e a demissões.

Na indústria de máquinas e equipamentos o mês de maio marcou a terceira queda consecutiva no número de pessoas empregadas que chegou a 295.904. Em relação a 2019 (maio) a  queda foi de 4%, redução de quase 12.500 postos.



Índice


Envie para um amigo.
Número: 245
Julho/2020

Outras edições
select



Buscar matérias

Informaq

Visando mitigar os efeitos da pandemia, empresas ligadas à ABIMAQ continuam com ações voltadas ao combate da propagação do vírus. Leia mais...

A live com vice-presidente da República contou com a participação média de 420 pessoas. O futuro da indústria, do emprego e a transformação digital da economia devido à Covid-19 foram alguns dos assuntos abordados. Leia mais...

Reunião teve como objetivo externar a preocupação dos setores envolvidos na Coalizão com a retomada da economia. Leia mais...

Para José Velloso, presidente executivo da ABIMAQ, Idarilho Nascimento, presidente do Conselho de Óleo e Gás da ABIMAQ, e Alberto Machado. Leia mais...

Com a participação de João Marchesan, presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ, José Velloso, presidente executivo e Cristina Zanella. Leia mais...

Wilson Vaz de Araújo expôs as principais mudanças do Plano Safra 2020/21 e seu impacto nas políticas de investimento e desenvolvimento dos segmentos industriais ligados ao setor agrícola. Leia mais...

Reformas tributária, administrativa, previdenciária, a importância da indústria de máquinas e equipamentos para a retomada da economia, o papel do legislativo para superação da crise gerada pela Covid-19. Leia mais...

Com o principal objetivo da solicitação do não veto ao artigo 33 do Projeto de Lei de Conversão 15/2020, a ABIMAQ enviou correspondência à Presidência da República. Leia mais...

Com essas palavras, o professor Delfim Netto, ex-ministro da Agricultura, Fazenda e Planejamento, respondeu as primeiras questões e deu início ao webinar. Leia mais...

“Essa é a terceira edição da sondagem ‘Impacto da pandemia da Covid-19’, realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) na semana do dia 19 de junho a 30 de junho. Leia mais...

A ABIMAQ, em parceria com a empresa mhconsult, empresa especializada em desenvolvimento organizacional e treinamentos corporativos, realizou, no dia 09 de junho, uma webinar. Leia mais...

Encontro contou com participação de representantes de empresa especializada em consultoria de gestão. Leia mais...

Cenário e perspectivas do aço e metalurgia, fundo de capital para apoio a projetos de mineração no Brasil e agregação de valor nos produtos do segmento de mineração foram alguns dos assuntos debatidos. Leia mais...

Novidade foi apresentada durante reunião online promovida por diretores da associação. Leia mais...

Sistema visa facilitar e acelerar os pleitos de alteração tarifária. Leia mais...

Governo brasileiro dá novas sinalizações. Leia mais...

O Projeto Plástico Brasil No Ar é uma iniciativa da feira Plástico Brasil e visa reforçar o propósito da feira de contribuir com o fomento do mercado do plástico e aproximar os grandes nomes do segmento. Leia mais...

O departamento de Financiamentos da ABIMAQ realizou, no dia 19 de junho, um evento online juntamente com a ABIMAQ Norte Nordeste para oferecer aos associados oportunidades de financiamentos nas regiões Norte e Nordeste. Leia mais...

Quatro instituições se uniram à ABIMAQ PR para apresentarem soluções de financiamentos aos associados da entidade. Leia mais...

Neste árduo momento do cenário atual com a chegada do novo coronavírus (Covid-19) no país, foram diversos os impactos causados que vão além da saúde pública, mas que afetam também o desenvolvimento socioeconômico. Leia mais...

Entidade considera custos e juros do programa elevados, mas continua trabalhando em melhorias. Leia mais...

A ABIMAQ em parceria com Juliano Kimura, que é palestrante, Creative Thinker, Transformador Digital e consultor de inovação digital e redes sociais, realizou, no dia 24 de junho, o segundo webinar de marketing digital. Leia mais...

No dia 17 de junho foi publicada no Diário Oficial da União a Portaria nº 245, que prorroga o prazo para o recolhimento de tributos federais, na situação que especifica em decorrência da pandemia relacionada ao coronavírus. Leia mais...

O recuo menos agressivo das receitas domésticas e externas, permitiram uma queda mais amena da receita do mês de maio. Leia mais...

Nos anos 20 e 30 do século passado importamos conhecimentos pseudo “científicos” a respeito dos fatores que condicionariam o nosso desenvolvimento econômico. Leia mais...

Apoio institucional