Buscar por:  


Medidas Emergenciais para as empresas



Neste árduo momento do cenário atual com a chegada do novo coronavírus (Covid-19) no país, foram diversos os impactos causados que vão além da saúde pública, mas que afetam também o desenvolvimento socioeconômico. 

Em razão das dificuldades que se multiplicam, empresários estão buscando opções no mercado para que de certa forma possam reduzir suas perdas. Como forma de dar fôlego às empresas que, em realidade, já encontram dificuldades financeiras, o governo, com a colaboração dos bancos, anunciou uma série de medidas emergenciais para mitigar os impactos econômicos da pandemia.

O Departamento de Financiamentos da BIMAQ está à disposição para prestar os esclarecimentos necessários pelo telefone (11) 5582-6361 ou e-mail: defi@abimaq.org.br.. Confira abaixo os destaques!

PRONAMPE - Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte:

O Pronampe é um Programa do governo para investimentos e capital de giro isolado e associado, destinado aos microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte, considerada a receita bruta apurada no exercício de 2019, instituído pela Lei nª 13.999, de maio de 2020. 

As instituições financeiras participantes do PRONAMPE operarão com recursos próprios e poderão contar com garantia a ser prestada pelo FGO (Fundo Garantidor de Operações) de até 100% do valor de cada operação garantida.

O programa determina que os tomadores dessa linha de crédito não podem demitir nenhum dos seus funcionários atuais (ao verificado na data da publicação desta Lei), até 60 dias depois do recebimento da última parcela dos recursos.

A linha de crédito corresponderá a até 30% da receita bruta anual registrada em 2019. No caso das empresas com menos de um ano de funcionamento, o limite pode ser de até 50% do seu capital social ou a até 30% da média de seu faturamento mensal - o que for mais vantajoso.

Confira as principais condições de financiamento do Pronampe:

Importante! Consulte seu banco para obter informações das condições a serem operadas por eles por meio do programa.

Taxa de Juros Taxa Selic + 1,25% ao ano

A quem se destina? MEI: R$ 81 mil 

Microempresas: faturamento igual ou inferior a R$ 360 mil;

Empresas de pequeno porte: faturamento entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões

Prazo/Carência Até 36 meses, com carência a ser definida pelo Banco

Contratação As operações devem ser contratadas em até 3 meses a partir de 18/05/2020, podendo ser prorrogado por mais 3 meses.

BNDES Crédito Cadeias Produtivas

O BNDES criou mais um programa de apoio as empresas visando atender à necessidade de capital de giro de pequenas e médias empresas que integram cadeias produtivas (PMEs) de todos os setores da economia. O novo programa ‘’BNDES Crédito Cadeias Produtivas’’ vai apoiar as PMEs por meio das chamadas “empresas-âncora” (grandes empresas) que serão as beneficiárias diretas dos empréstimos. 

Essas empresas-âncora serão responsáveis por repassar o dinheiro para a sua cadeia de fornecedores, preferencialmente, pequenas e médias. As PMEs ancoradas poderão usar esse capital de forma livre para se manter durante a crise. Os pedidos de empréstimos poderão ser apresentados até o dia 30 de setembro. 

Os recursos entregues pelo BNDES às grandes empresas serão repassados para pequenas e médias nas mesmas condições financeiras previstas no contrato de empréstimo da empresa-âncora. 

Confira as principais condições de financiamento do BNDES Crédito Cadeias Produtivas:

Taxa de 

Juros Custo Financeiro: Taxa Selic


Spread BNDES: 1,1% ao ano


Taxa de Risco de Crédito                                                                                                                    (variável conforme risco do cliente e prazos do financiamento)

Empresas-âncora Empresas com Receita Operacional Bruta igual ou superior a R$ 300 milhões

Prazo/Carência Até 5 anos, incluído o prazo de carência de até 24 meses

Limite do Financiamento Capital de giro, com valor mínimo de R$ 10 milhões e máximo de R$ 200 milhões


Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais - BDMG

Com o intuito de auxiliar as empresas localizadas no Estado de Minas Gerais a enfrentar os impactos do coronavírus, o BDMG, está oferecendo condições ainda melhores em suas linhas de crédito para capital de giro.

Tipos de Financiamentos:

Giro Fácil Giro Especial Geraminas

Empresas com faturamento anual entre R$ 30 a 250 milhões Empresas com faturamento anual acima de R$ 250 milhões Empresas com faturamento anual até R$ 4,8 milhões

Taxa de Juros para empresas com faturamento anual entre R$ 30 e 90 milhões: pós-fixada a partir de 5,10% a.a. + SELIC.

Taxa de Juros para empresas com faturamento anual entre R$ 90 e 250 milhões:  pós-fixada a partir de 4,85% a.a. + SELIC. Taxa de juros pós-fixada

a partir de 4,36% a.a + SELIC. Taxa de Juros prefixada 

a partir de 0,98% a.m.

Prazo de até 12 meses 

(incluída 6 meses de carência) ou 

Prazo de até 60 meses 

(incluída 12 meses de carência) Prazo de até 12 meses 

(incluída 6 meses de carência) ou Prazo de até 60 meses 

(incluída 12 meses de carência) Prazo de até 48 meses, incluindo carência de até 3 meses

Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul - BRDE

O Programa Emergencial de crédito BRDE Recupera Sul foi criado com a finalidade de prover capital de giro para as empresas da Região Sul como forma de recuperação da economia frente à retração advinda da COVID-19. O foco são empresas com faturamento anual de até R$ 90 milhões e o limite de solicitação depende da modalidade da empresa e de sua localidade. 

O BRDE Recupera Sul é dividido por Estado, sendo Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná, onde cada um possui suas condições e especificações. 

Confira abaixo as principais formas de financiamento e as taxas de juros correspondentes. (Obs: Condições sujeitas a aprovação do crédito e disponibilidade de recursos.):

Santa Catarina Rio Grande do Sul Paraná 

Limite de Financiamento: 

R$20 a R$200 mil

Limite de Financiamento:

Até R$500 mil Cooperativa

Acima de R$500 mil BRDE Os recursos do Recupera Sul já foram comprometidos/aplicados no Paraná. 

Para demais informações sobre outras opções de linhas disponíveis, contate o BRDE da referida região.

Taxa de juros a partir

de 0,74% a.m. Taxa de juros a partir

de 0,75% a.m.

Prazo de até 48 meses,

com carência de até

18 meses inclusa Prazo de até 60 meses,

com carência de até

24 meses inclusa

Fundos Constitucionais de Financiamentos

A fim de promover o desenvolvimento regional foram criados os Fundos Constitucionais de Financiamento, que destinam recursos para o setor produtivo das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Eles são operados por diferentes instituições financeiras, sendo Banco da Amazônia, Banco do Nordeste e Banco do Brasil, respectivamente. 

A linha especial de crédito industrial com recursos dos Fundos Constitucionais de Financiamento do Norte (FNO), do Nordeste (FNE) e do Centro-Oeste (FCO), foi instituída para atender aos setores produtivos, industrial, comercial e de serviços dos municípios com situação de emergência ou estado de calamidade pública, decorrente dos danos causados pela COVID-19.

Para acessar a linha de crédito, contate os referidos Bancos participantes.

Taxa de Juros Taxa efetiva de 2,5% ao ano

Finalidade Capital de giro isolado e investimentos, inclusive 

capital de giro associado.

Limite de Financiamento Capital de giro isolado: até R$100 mil por beneficiário.

Investimentos: até R$200 mil por beneficiário

Prazo/Carência Capital de Giro: até 24 meses

Investimento: até 5 anos 

Ambos com carência até 31/12/2020




Índice


Envie para um amigo.
Número: 245
Julho/2020

Outras edições
select



Buscar matérias

Informaq

Visando mitigar os efeitos da pandemia, empresas ligadas à ABIMAQ continuam com ações voltadas ao combate da propagação do vírus. Leia mais...

A live com vice-presidente da República contou com a participação média de 420 pessoas. O futuro da indústria, do emprego e a transformação digital da economia devido à Covid-19 foram alguns dos assuntos abordados. Leia mais...

Reunião teve como objetivo externar a preocupação dos setores envolvidos na Coalizão com a retomada da economia. Leia mais...

Para José Velloso, presidente executivo da ABIMAQ, Idarilho Nascimento, presidente do Conselho de Óleo e Gás da ABIMAQ, e Alberto Machado. Leia mais...

Com a participação de João Marchesan, presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ, José Velloso, presidente executivo e Cristina Zanella. Leia mais...

Wilson Vaz de Araújo expôs as principais mudanças do Plano Safra 2020/21 e seu impacto nas políticas de investimento e desenvolvimento dos segmentos industriais ligados ao setor agrícola. Leia mais...

Reformas tributária, administrativa, previdenciária, a importância da indústria de máquinas e equipamentos para a retomada da economia, o papel do legislativo para superação da crise gerada pela Covid-19. Leia mais...

Com o principal objetivo da solicitação do não veto ao artigo 33 do Projeto de Lei de Conversão 15/2020, a ABIMAQ enviou correspondência à Presidência da República. Leia mais...

Com essas palavras, o professor Delfim Netto, ex-ministro da Agricultura, Fazenda e Planejamento, respondeu as primeiras questões e deu início ao webinar. Leia mais...

“Essa é a terceira edição da sondagem ‘Impacto da pandemia da Covid-19’, realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) na semana do dia 19 de junho a 30 de junho. Leia mais...

A ABIMAQ, em parceria com a empresa mhconsult, empresa especializada em desenvolvimento organizacional e treinamentos corporativos, realizou, no dia 09 de junho, uma webinar. Leia mais...

Encontro contou com participação de representantes de empresa especializada em consultoria de gestão. Leia mais...

Cenário e perspectivas do aço e metalurgia, fundo de capital para apoio a projetos de mineração no Brasil e agregação de valor nos produtos do segmento de mineração foram alguns dos assuntos debatidos. Leia mais...

Novidade foi apresentada durante reunião online promovida por diretores da associação. Leia mais...

Sistema visa facilitar e acelerar os pleitos de alteração tarifária. Leia mais...

Governo brasileiro dá novas sinalizações. Leia mais...

O Projeto Plástico Brasil No Ar é uma iniciativa da feira Plástico Brasil e visa reforçar o propósito da feira de contribuir com o fomento do mercado do plástico e aproximar os grandes nomes do segmento. Leia mais...

O departamento de Financiamentos da ABIMAQ realizou, no dia 19 de junho, um evento online juntamente com a ABIMAQ Norte Nordeste para oferecer aos associados oportunidades de financiamentos nas regiões Norte e Nordeste. Leia mais...

Quatro instituições se uniram à ABIMAQ PR para apresentarem soluções de financiamentos aos associados da entidade. Leia mais...

Neste árduo momento do cenário atual com a chegada do novo coronavírus (Covid-19) no país, foram diversos os impactos causados que vão além da saúde pública, mas que afetam também o desenvolvimento socioeconômico. Leia mais...

Entidade considera custos e juros do programa elevados, mas continua trabalhando em melhorias. Leia mais...

A ABIMAQ em parceria com Juliano Kimura, que é palestrante, Creative Thinker, Transformador Digital e consultor de inovação digital e redes sociais, realizou, no dia 24 de junho, o segundo webinar de marketing digital. Leia mais...

No dia 17 de junho foi publicada no Diário Oficial da União a Portaria nº 245, que prorroga o prazo para o recolhimento de tributos federais, na situação que especifica em decorrência da pandemia relacionada ao coronavírus. Leia mais...

O recuo menos agressivo das receitas domésticas e externas, permitiram uma queda mais amena da receita do mês de maio. Leia mais...

Nos anos 20 e 30 do século passado importamos conhecimentos pseudo “científicos” a respeito dos fatores que condicionariam o nosso desenvolvimento econômico. Leia mais...

Apoio institucional