Buscar por:  


Desempenho da indústria de máquinas é sustentado pela melhora no mercado doméstico



O bom desempenho das vendas no mercado doméstico durante o mês de outubro foi determinante na manutenção do patamar positivo do setor em relação ao ano passado. E a melhora nas vendas de bens sob encomenda, notadamente para celulose e mineração, também observada na pesquisa de produção física do IBGE, é o fator preponderante para este crescimento no mercado doméstico.

Receita líquida

As receitas de vendas da indústria brasileira de máquinas e equipamentos ficaram estáveis na passagem de setembro/19 para outubro/19, mas registraram crescimento de 1,9% em relação ao mesmo mês de 2018.

O melhor desempenho das vendas continua puxado pelas vendas internas. As realizadas para o mercado externo registraram nova queda – de -11% na comparação mensal e de -21% na interanual - em decorrência da desaceleração da atividade produtiva em diversos parceiros comerciais.

No ano, as vendas de máquinas e equipamentos acumulam crescimento de 1,4%, um desempenho novamente sustentado pelo mercado doméstico (+7,7%). 

Já as exportações que em 2018 tiveram papel fundamental para melhora das vendas de máquinas e equipamentos, este ano foram freadas por um cenário mundial em desaceleração, até outubro o desempenho acumulado nas exportações foi retração de 6,3% em relação ao mesmo período de 2018.

Exportações

As exportações de máquinas e equipamentos registraram queda no mês de outubro/19, tanto em relação ao mês de setembro (-11%) como sobre outubro de 2018 (-21,1%).

O resultado acumulado no ano piorou 1,8 p.p., saindo de uma queda de 4,5%, acumulada até o mês de setembro, para uma queda de 6,3% até outubro. 

Ainda que o câmbio, ao redor de R$/US$ 4 tenha proporcionado melhora nos retornos financeiros dos exportadores de máquinas e equipamentos, o cenário internacional em desaceleração vem inviabilizando o aumento das vendas, principalmente nos países da América do Latina, alguns da Europa e na China.

Importações

O mês de outubro registrou novamente forte expansão nas importações de máquinas e equipamentos.

Parte da explicação para este movimento está nas alterações legais decorrentes do Repetro-Sped, que proporcionaram mudanças na propriedade dos equipamentos de pesquisa e exploração de petróleo e gás natural - de subsidiárias localizadas no exterior para empresas sediadas no Brasil. No ano de 2019 o crescimento foi de 21%.

Este crescimento, que teve início em maio de 2019, é sustentando, principalmente, pelas aquisições de componentes para geração de energia, válvulas, tubulações, equipamentos de sondagem e exploração de óleo e gás.

Consumo aparente

O consumo aparente (produção – Exportação + Importação) de máquinas e equipamentos registrou crescimento no mês de outubro de 2019, tanto em relação ao mês imediatamente anterior (21,5%), quanto em relação ao mesmo mês do ano anterior (33,7%). No ano o aumento na aquisição de máquinas e equipamentos foi de 15,9%. 

Parte importante deste aumento advém do mercado externo que ampliou sua participação em 3.p.p., de 60% em 2018 para 63% em 2019, no mercado doméstico. 

Novamente o Repretro-Sped aparece como importante variável explicativa, outra é a variação cambial do período, via conversão monetária, cujo impacto foi de 5,6 p.p. na taxa de crescimento do ano.

Capacidade Instalada e Carteira de Pedidos 

Passados dois anos do encerramento da recessão econômica, que levou ao sucateamento e encolhimento do estoque de capital brasileiro, a indústria de máquinas e equipamentos ainda atua com ociosidade de quase 25% nos seus fatores de produção.

No mês de outubro, a utilização da capacidade instalada teve pequena queda adicionalmente (-0,7) e chegou a 75,5%.

Por outro lado, a carteira de pedidos registrou melhora de 14,1% em relação ao mês de setembro e de 2,3% em relação ao mesmo mês de 2018, sinalizando uma melhora nas encomendas de bens não seriados.

 Quadro de Pessoal

Após ter reduzido em mais de 90.000 o número de pessoas empregadas na indústria brasileira de máquinas equipamentos, em 2018 o setor retomou o processo de ampliação e contratou 10.000 pessoas.

Em 2019, o setor manteve suas contratações e em outubro de 2019, ainda que tenha registrado queda de 0,4% em relação ao mês imediatamente anterior, o setor atuou com 306.310 pessoas.

Em relação ao número de pessoas ocupadas no final do ano passado, ente número foi 1,8% superior, equivalente a 6.000 trabalhadores adicionais na indústria de máquinas




Índice


Envie para um amigo.
Número: 239
Dezembro/2019

Outras edições
select



Buscar matérias

Informaq

Gestão e governança de dados, Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), privacidade, cibersegurança, ciberataques e os impactos nos negócios, transformação digital. Leia mais...

José Velloso, presidente-executivo da ABIMAQ, uma das autoras do programa avalia que, enquanto não houver combate ao custo Brasil, o país terá que conviver com a “deformação” que é o imposto de importação elevado. Leia mais...

Para acompanhar os processos que direta ou indiretamente afetarão a vida das associadas, José Velloso, presidente executivo da ABIMAQ. Leia mais...

‘Produtividade e competitividade abrindo mercados externos’ foi o tema que norteou as discussões do Encontro Nacional de Comércio Exterior. Leia mais...

Representada por José Velloso, presidente executivo da entidade, a ABIMAQ participou da reunião do agrupamento formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Leia mais...

Para melhorar o processo exportador das empresas associadas, José Velloso, presidente executivo da ABIMAQ juntamente com a diretoria da AEB . Leia mais...

Evento, realizado em parceria com o IEC – Energy Industries Council, contou com presença de executivos brasileiros e de outros países que orientaram os associados da entidade. Leia mais...

No seminário também foi discutido, por parlamentares e representantes de entidades, os desafios enfrentados pelos gestores para o desenvolvimento e manutenção das cadeias produtivas. Leia mais...

João Marchesan, presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ, esteve presente, no dia 18 de novembro, na comemoração dos 55 anos da empresa associada CASALE. Leia mais...

Para expor as demandas da Câmara Setorial de Equipamentos para Ginástica (CSGIN), Ricardo Castiglioni, presidente da CSGIN, acompanhado de Reinaldo Sarquez

A ABIMAQ marcou presença durante o Conexão Empresarial Setorial Mineração & Siderurgia, em Belo Horizonte, que debateu sobre a realidade do setor no país, os cenários e perspectivas para o futuro. Leia mais...

Com o objetivo de defesa e promoção de ações de interesse comum e desenvolver estudos e pesquisas em prol do desenvolvimento e fortalecimento do segmento. Leia mais...

Evento abordou contrato de performance da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo e novas diretrizes de inspeção no setor de Óleo & Gás. Leia mais...

Representando o Conselho de Óleo e Gás e a Câmara Setorial de Equipamentos Navais, Offshore e Onshore (CSENO), Alberto Machado. Leia mais...

Diretoria eleita ficará à frente da Câmara Setorial de Ar Comprimido e Gases no biênio 2019/20. Leia mais...

Presidente reeleito destacou que a Câmara Setorial de Válvulas Industriais completará 44 anos de fundação. Leia mais...

Com as apresentações das associadas Bosch Rexroth, Thermoval, VirtualCAE, Ploomes, além de João Alfredo Delgado, diretor de Tecnologia da ABIMAQ. Leia mais...

Evento reuniu 22 participantes com expectativa de até R$ 1 milhão em negócios. Leia mais...

Com o objetivo de abordar a modernização da metodologia de credenciamento de aerogeradores, que entrará em vigor a partir de janeiro de 2022. Leia mais...

A força de uma entidade vem da sua representatividade, sendo que sua expansão (aumento da base) permitirá uma melhor percepção junto a governo e formadores de opinião. Leia mais...

Aplicações foram comentadas durante reunião ordinária do Grupo de Trabalho de Manufatura Avançada da ABIMAQ. Leia mais...

Para debater investimentos, cenário econômico e as perspectivas para 2020, a ABIMAQ Rio Grande do Sul realizou reunião, no dia 18 de novembro em Porto Alegre. Leia mais...

Além da importância de estarmos mais perto dos associados de todas as regiões do Brasil, verificamos com a troca de experiência e o debate que mesmo após dois anos da reforma trabalhista. Leia mais...

As mudanças e os desafios para a indústria com a alteração da norma regulamentadora nº 12 para segurança no trabalho em máquinas e equipamentos por meio da Portaria nº 916. Leia mais...

O evento faz parte das iniciativas da ABIMAQ em disseminar o conceito da Propriedade Intelectual junto à indústria de máquinas e equipamentos. Leia mais...

A ABIMAQ, representada pela analista de Economia e Estatística, Thalita Oliveira, participou da última reunião de conjuntura econômica do Banco Central do Brasil (BC) em 11 de novembro. Leia mais...

Com 62 mil m² de área de exposição, 1 mil marcas expositoras e projeção de 65 mil visitantes, maior feira internacional da indústria de máquinas e equipamentos da América Latina. Leia mais...

Documento com as NCMs incluídas no acordo de livre comércio entre os dois blocos foram publicadas pelos governos da Argentina e do Uruguai. Leia mais...

ABIMAQ faz levantamento de todas as medidas antidumping vigentes que têm algum tipo de impacto no setor de máquinas e equipamentos. Leia mais...

O bom desempenho das vendas no mercado doméstico durante o mês de outubro foi determinante na manutenção do patamar positivo do setor em relação ao ano passado. Leia mais...

Como o mundo empresarial está sofrendo grande transformações, é de extrema importância, que todos os players de um segmento econômico se unam para enfrentar as dificuldades. Leia mais...

Apoio institucional